ONG Fio de Luz doa perucas para pessoas em tratamento de câncer

Um pequeno gesto de amor pode transformar uma vida. Por isso, a ONG Fio de Luz decidiu dar uma mãozinha na autoestima de tantas pessoas que estão em tratamento de câncer. Há pouco mais de um ano, a instituição faz doações de perucas para pacientes que perderam os cabelos na luta contra a doença.

A ideia partiu do empresário Edmilson Marques, que, após abrir uma loja de venda de cabelos em BH, recebeu a visita de uma jovem que tinha câncer e se sentiu tocado com sua história. 

A garota, já sem cabelos devido à quimioterapia, não tinha dinheiro para comprar uma peruca. Emocionada, relembrava de como era sua aparência antes do diagnóstico da doença. "A moça chegou na nossa loja com um turbante, ela falava que se tivesse dinheiro, compraria uma peruca. Na mesma hora eu pedi que medissem a cabeça dela. Ela ficou sem entender, daí, expliquei que doaríamos a peça, sem cobrar nada. Os olhos dela brilharam de emoção e alegria", conta Edmilson. 

Depois de um ano e seis meses, a garota voltou na loja para conversar com Edmilson. "Eu lembro que ela estava com os papéis dos exames. Ela contou, chorando, que tinha sido curada do câncer. Na hora todo mundo se abraçou e choramos junto com ela. Era um mistura de alegria e satisfação por ter contribuído de alguma forma no tratamento daquela moça". 

Trabalho do bem

Ao longo do mês, a loja confecciona 400 perucas para doações. A ONG recebe pacientes em sua sede e também envia as peças para hospitais de tratamento oncológico de Belo Horizonte e no interior do estado. O trabalho nobre conta com a mão de obra de costureiras e cabeleireiras, que praticam diariamente a ação de olhar o próximo com mais empatia. Hoje, a Fios de Luz também atende centros de oncologia nas cidades de Capelinha, no Vale do Jequitinhonha, Curvelo e Itabira, na região central de Minas e Governador Valadares, no Vale do Rio Doce.   

Fios de amor

Com o projeto, várias pessoas têm a oportunidade de recuperar a autoconfiança e ter um motivo a mais para enfrentar o tratamento. É o caso da dona Miralda de Fátima, que conheceu a organização por uma matéria na TV. "Eu faço tratamento de câncer de mama no Hospital da Baleia, um dia eu estava vendo o jornal e passou uma matéria sobre essa ONG. Eu fiquei toda animada e vim correndo pra cá, buscar minha peruca", diz Miralda. 

Com a queda dos cabelos, Miralda começou a sentir os sintomas da depressão e ficava triste por perder uma parte que considera tão importante numa mulher. "A gente que faz esse tratamento fica deprimida com a perda dos cabelos, mas quando eu cheguei aqui eu fui tão bem recebida. O pessoal daqui trata a gente muito bem. Esse trabalho é importante demais pra nossa autoestima, ainda mais pra quem não tem condição financeira de pagar uma peruca", comenta entusiasmada. 

No canal do YouTube é possível acompanhar os relatos de várias pacientes que foram acolhidas pela Fio de Luz. As histórias revelam a gratidão e o reconhecimento ao trabalho que a ONG vem fazendo nesse tempo. Para contribuir, basta acessar o site da Fio de Luz ou ir pessoalmente a sede da instituição, que fica na Rua João Monlevade, 35 - Jardim Leblon. 

*sob supervisão da editora-chefe, Érika Gimenes



Comentários (0)


Deixe um comentário